Retreat @Villa Luka (Oct 2nd-11th 2021)

In the small village of Svib in the Dalmatian hinterland in the mountains, I am organizing a Well-Being Retreat with my team, based on four elements:

– Conscious nutrition (plant-based and own preparation)
– Pilates / Yoga at the beginning and end of a day
– Forest bathing (Shinrin Yoku)
– Coaching sessions on topics related to Lifestyle 2021

We cordially invite you and your friends to become part of a special group of people. The retreat takes place in German and English. We have the entire Villa Luka in Svib at our disposal, which is located in a quiet environment without noise and neighboring houses.

We would be happy to present the program to you in detail in a conversation or by e-mail.

Price per Person: € 1350

Additional Information:
https://lnkd.in/e6KSSbsP
Contact: kristina@worldtribe.de
+49 176 – 3626 5169

Thank you very much! Kristina

#retreats#wellbeing#mindfulness#yogaintroduction

Um olhar sobre Svib

Texto por Kristina Bodrožić-Brnić

Enquanto escrevo este texto para vocês, queridos amigos e amantes da cultura croata, aprecio um bom chá quente e fresco de melissa, uma flor do jardim da casa. 

Minha mãe mora em Svib, o lar da nossa família Bodrožić-­Brnić, um sobrenome utilizado desde a época de meu bisavô (se não antes). Aqui na montanha, com vista para o vilarejo, avisto um local com poucos habitantes. Um dito popular daqui da região afirma que, para saber quantas pessoas moram em Svib, basta contar o número de chaminés. Isso não é mais uma verdade, visto que nem todas as 300 casas com chaminé estão habitadas. Jovens não se veem, crianças jamais.

O dia tradicional começa cedo, com a primeira chamada do galo, porém graças à mudança da época, não há mais galos incomodando a tranquilidade da manhã. Mesmo assim, minha avó acorda por volta das seis da manhã. Décadas de hábito não se desfazem fácil. Vendo sua rotina, me lembro da agricultura que está cada vez mais escassa aqui em Svib. As poucas pessoas que ainda plantam, fazem isso para si mesma e chegam até a praticar a troca com vizinhos e outros membros da comunidade. Uma atitude tradicional, infelizmente sustentada apenas por nossos idosos.

Já a geração da minha mãe foi embora na década dos 1970 e 1980, migrando para países como Áustria, Alemanha e Suécia. Alguns foram mais longe, como Austrália e Estados Unidos. Era normal voltar para aproveitar as quatro semanas de férias de verão e visitar as suas famílias. Por outro lado, quem pode, hoje em dia nesse mundo modernizado, dedicar todo esse tempo ao descanso e quem ainda tem dinheiro poupado para fazer isso?

O sonho de viver fora virou uma necessidade que se tornou uma dependência e uma depressão cotidiana atingiu muitos deles.

Os croatas da minha geração que não tiveram a oportunidade de se mudar para o exterior foram para cidades próximas como Makarska, Omiš e Split. Nessas regiões, as oportunidades de emprego e as condições de viver são um pouco melhor. 

Aqui sobraram os velhos. Uma placa na rua avisa do perigo de aposentados cruzarem a rua. Em cidades essas placas geralmente alertam para crianças circulando para chegar à escola. Pelo movimento nas ruas durante o dia fica difícil saber se é uma segunda-feira ou um domingo. É tudo calmo.

Mas para quem não foi embora e ficou nas montanhas, a natureza não permite tristeza. A primavera chegou e flores selvagens decoram as trilhas de pedra. Borboletas azuis, amarelas e laranjas voam e o zumbir das abelhas acompanha o cochilo da tarde. Zum zum zummmm!

Assim, de manhã não tenho como não abrir meu pulmão, meu coração e meus olhos para viver esta riqueza da terra que Deus, com certeza, beijou quando criou. Ao mesmo tempo, é impossível não invejar, mesmo com tudo que falta em termos de conforto moderno, as pessoas que sobraram aqui.

SVIB U MOM OKU!

AUSFLUGSZIEL IMOTSKI

IMOTSKI, 52 km, 44 Minuten von der Villa Luka

Imotski ist eine Kleinstadt im dalmatinischen Hinterland. In der Stadt Imotski leben etwa 4.700 Menschen. Sie befindet sich im Zagora direkt hinter dem Bergmassiv Biokovo.

Die Grenze zu Bosnien und Herzegowina ist nur sieben Kilometer entfernt. Ihren Ursprung hat die Stadt bereits im 9. Jh. n.Chr.

 

Sehenswertes:

Die Altstadt mit ihrem Zentralplatz, an dem man einen typisch kroatischen Espresso trinken kann, während man die Tin Ujevic Statue bewundert. In der gleichnamigen Bar gibt es auch guten Schnaps.

Der Blaue See

Ca. 300 m tief. Ein Weg führt hinunter in den Karstkessel bis zu einer Aussichtsplattform direkt am See.

Der Rote See

Sagenumwoben und 500 m tief. Der Name kommt von der rötlichen Farbe der Felswände. Wer es schafft ein Steinchen von oben ins Wasser zu werfen, wird in der Region als “echter Kerl” gefeiert.

IMOTSKI  BLAUER SEE

Das montanhas pro mar

Nossa Villa Luka oferece-lhe um clima refrescante nas montanhas com ventos frescos, uma clima mais balançado e uma nova piscina elegante em frente da casa. Mas é claro, viajando para a Dalmácia, você não quer ficar só na piscina o dia todo, mas também andar pro mar.

As praias mais próximas são apenas 30 minutos de carro em torno de Brela e Baška Voda. São cheias de cafés, restaurantes de fast food, pequenas lojas e agências de lazer e esportes aquáticos. Você vai facilmente passar um dia da manhã até a noite lá, sem se sentir entediado. Vamos! Dolazite ^^!

Mal schnell ans Meer

Die Villa Luka bietet Ihnen ein erfrischendes Klima in den Bergen mit kühlenden Winden und einem neuen und sehr eleganten Swimming Pool vor dem Haus. Selbstverständlich sucht man aber auch nach mehr wenn man nach Dalmatien reist. Das klare Meer ist unwiderstehlich!

Die nächstgelegensten Strände wie Brela und Baska Voda sind nur etwa 30 Fahrminuten von der Villa Luka entfernt. Die Promenade ist voll von Cafés, Fast-Food-Restaurants, kleinen Geschäften und Freizeit- und Wassersportagenturen. Sie verbringen leicht einen Tag von morgens bis abends dort, ohne sich zu langweilen. Lasst uns Spaß haben! Dolazite ^^!

30 Minutes to the sea

Villa Luka offers you a refreshing climate in the mountains with cooling winds and a new swimming pool in front of the house. But of course, travelling to Dalmatia, you don’t want to stay in the pool all day but also drive out to the sea. The nearest beaches are only a 30 minute drive away around Brela and Baška Voda. The beaches are full of cafés, fast food restaurants, small stores and leisure & water sport agencies. You’ll easily spend a day from morning till evening there, without feeling bored. It’s all about fun! Dolazite ^^!

This slideshow requires JavaScript.

Wine From own Production

Villa Luka has grown and produced its own red wine until the 1990s. What is now a vegetable garden, was once full of grapes. Every year in Autumn the family harvested the ripe and heavy grapes.

The eldest daughter kept the tradition on her own vineyard and welcomes visitors to stop by and see for themselves.

 

 

Feel Protected

Let me introduce you to our sweet Bella. She was born in May 2014 and is a real protective lady. Tornjak, the name of her breed, is a typical mountain dog from the region, completely adapted to all its challenges. It is said that a Tornjak like Bella is as strong as two wolves. At least once a year pack of wolves still cross the village, afraid of humans but hungry for farm animals, sometimes leaving a bit of a mess and plenty of stories for the locals to create some new legends.